Consultoria e Desenvolvimento
  • 1 Gerenciador de Notas Fiscais Imediata
    Tenha todos seus XML fácil e com segurança
  • 2 SPEDs Magnéticos do Sistema Público de Escrituração Digital
    Sped Fiscal, Sped Contribuições - PIS / Cofins, Sped Contábil, NF-e, NFS-e...
  • 3 CT-e e MDF-e
  • 4 Controle de Insumos Agrícolas
    Vendas de Herbicidas, Pedidos Produtor, Vendas Entregas Futuras, Receituário Agronômico, ARTs, Livro Receituarios, EDI Fornecedores, Comissões...
  • 5 Informações Gerenciais na Palma da Mão...
    Mobilidade na Gestão de sua Empresa

Informativos

  • flechaCONTROLE DE PRODUÇÃO... o SPED BLOCO "K" na sua empresa !

  • 01/09/2015


   Atualmente, o SPED Fiscal não é novidade para as empresas, que independente do ramo de atividade já estão acostumadas aos processos para atender as exigências do Fisco. Porém com a publicação DOU, de 23/10/2014, o Ajuste Sinief 17/2014, é incluído no SPED o “Bloco K”, que traz como novidade o “Controle de Produção e do Estoque”, que deverá compor as obrigações contidas no arquivo..
    

Agora é "Controle de Produção e Insumos"...
 
... a hora do SPED Bloco "K" na sua empresa!
 
      A corrida inicia primeiro pela organização da empresa, que agora terá que prestar informações relacionadas aos insumos e produtos que possui em estoque, bem como apresentar todas as informações relacionadas à produção. Estas informações devem ser  tanto para insumos e produtos em controle da empresa quanto em controle de terceiros, como no caso de cerealistas que possuem em depósitos em outras unidades... No caso da indústria, está previsto inclusive, a apresentação de informações detalhadas, como ordens de produção e informações de processo produtivo. Outro ponto de grande impacto está relacionado ao consumo específico da produção. Para que seja possível analisar todas as informações, o Fisco incluiu um novo registro (0210) na tabela de identificação de itens (0200), para que a empresa apresente toda a sua estrutura de produtos (ou BOM – Bill Of Material), apresentando diversas informações estratégicas para a empresa, como quantidade consumida e percentual de perda dos insumos.
   
     O principal objetivo do Fisco com esta alteração é melhorar o controle sobre os contribuintes. Por meio desses dados ele conseguirá “fechar o ciclo” das informações, pois irá receber indicação dos estoques desde a compra da matéria prima até a elaboração do produto final. Assim será possível determinar quando a empresa utiliza meios ilícitos nas suas operações como: emissão de notas fiscais com informações incorretas, as meia-notas e a manipulação dos seus estoques. Neste caso, como as demais obrigações relativas ao SPED, as empresas optantes pelo Simples Nacional não estão obrigadas a declarar.
 

Atenção: O prazo de início é Janeiro/2016 para todos os contribuintes do ICMS de estabelecimentos industriais e a eles equiparados, conforme divulgado pela RFB...
  
http://www1.receita.fazenda.gov.br/noticias/2014/outubro/noticia-23102014.htm
   
    A IMEDIATA trabalha intensamente na solução para geração do SPED Bloco "K", assim como sistematicamente atendeu as exigências anteriores do Fisco, desde o início com o antigo Sintegra, passando pelos primeiros layouts dos SPEDs Fiscais, SPED Contribuições, Contábil, ECF... e agora o atual SPED Bloco "K".
    Neste caso, focamos o desenvolvimento do controle de estoques e estoques de terceiros do Bloco "K", em função da grande quantidade de Cerealistas, Engenhos, Moinhos e empresas de beneficiamento de grão que estão no portfólio da IMEDIATA
.


Assim, se você trabalha em parceria com a IMEDIATA através de contrato GLT do Módulo FISCAL, FIQUE TRANQUILO, estamos trabalhando para em breve disponibilizar o SPED BLOCO "K" para sua empresa...
 

 ... e agora, o que a minha empresa deve fazer?
  

     
Primeiramente, é necessário analisar, aferir e planilhar os estoques da empresa e os estoques de terceiros em poder da empresa. Depois organizar o Cadastro de Produtos, definindo os tipos corretos de produtos(matéria prima - insumos, subprodutos, mercadoria de Venda...) . Deve passar a mapear detalhadamente os processos de produção, fazendo a estruturação dos produtos finais, a "Composição de Produtos", especificando todos os insumos, bem como a quantidade de matéria prima consumida por unidade produzida, para começar a adequar a gestão da produção às novas exigências do fisco, o que até então era muito tácito na grande maioria, principalmente na área de Beneficiamento de Cereais.

       A Imediata, em breve, vai liberar uma a versão do seu Sistema de ERP Industrial e de Controle de Grãos, voltado para o atendimento do Bloco "K", preparado com cada detalhe do processo de industrialização para atender às exigências.  Mas sua empresa não precisa ficar parada até lá... Os processos de Composição de produtos, Explosão de Beneficiamento com entrada de insumos nos estoques, Estruturação das quantidades consumidas por unidade produzida e entrada de produtos Finais, já são rotinas usuais do software que os usuários já podem utilizar para estruturar o processo de produção e ir adiantando a geração dos dados requisitados no Bloco "K".

   

  

  ... e qual será o controle do Fisco sobre a minha empresa?

   

      Agora, com a implantação do Bloco K, a cada mês, e para cada produto da sua empresa, o Fisco vai aplicar a seguinte fórmula:
  
Estoque final = (Estoque inicial) + (Entradas por Documentos Fiscais) + (Produção Própria K230) + (Produção em Terceiros K250) + (Movimentação interna K220) – (Saídas por Documentos Fiscais) – (Consumo na Produção Própria K235) – (Consumo na Produção em Terceiros K255) – (Movimentação interna K220)
  
       Todas as informações previstas nesta equação fazem parte do SPED Fiscal ICMS/IPI. Portanto, se fisicamente a sua empresa fizer qualquer movimentação de estoque, e essa movimentação de estoque não for escriturada no SPED Fiscal ICMS/IPI, o estoque físico do seu produto não estará alinhado com o estoque informado para o Fisco no SPED Fiscal ICMS/IPI. Por essa razão, com a implantação do Bloco K, será fundamental que sua empresa controle os estoques com excelência.


João C. Pereira - Dpto. Comercial

Voltar