Consultoria e Desenvolvimento
  • 1 CT-e e MDF-e
  • 2 SPEDs Magnéticos do Sistema Público de Escrituração Digital
    Sped Fiscal, Sped Contribuições - PIS / Cofins, Sped Contábil, NF-e, NFS-e...
  • 3 Informações Gerenciais na Palma da Mão...
    Mobilidade na Gestão de sua Empresa
  • 4 Gerenciador de Notas Fiscais Imediata
    Tenha todos seus XML fácil e com segurança
  • 5 Controle de Insumos Agrícolas
    Vendas de Herbicidas, Pedidos Produtor, Vendas Entregas Futuras, Receituário Agronômico, ARTs, Livro Receituarios, EDI Fornecedores, Comissões...

Informativos

  • flechaSPED... a caminho de sua empresa!

  • 30/09/2008

A evolução contínua  da Tecnologia da Informação e a busca do governo em ampliar e aperfeiçoar o controle tributário sobre as organizações vem gerando novas obrigações para as empresas, ligadas diretamente a seus sistemas de gestão administrativos/fiscais/contábeis.  
A corrida iniciou  em  1995  com a criação do SINTEGRA (Sistema Integrado de Informações sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços), que obriga as empresas a informarem, mensalmente, todas as suas operações ao Fisco, que são cruzadas com os bancos da  fazenda Estadual e Federal e agora, através do Decreto n 6.022/07  foi instituído  o  SPED  –  Sistema  Público  de  Escrituração  Digital,  que  tem  por  objetivo  a padronização,  uniformização,  e  racionalização  das  informações  e  o  acesso  compartilhado das informações entre as esferas: municipais, estaduais e federal. 

    

Os prazos para adoção para a ECD- Escrita Contábil Digital são:

  
 
-   I.  01 de janeiro de 2008 para os fatos contábeis ocorridos a partir de 1º de janeiro de 2008 para empresas selecionadas pelo  fisco 2008, as pessoas  jurídicas sujeitas a acompanhamento econômico-tributário diferenciado, nos termos da Portaria RFB nº. 11.211, e sujeitas à tributação do imposto de renda com base no lucro real;
 -   II.  01 de  janeiro de 2009 as demais pessoas  jurídicas sujeitas à  tributação do  Imposto de Renda com base no Lucro Real.

  
 
Já para a EFD- Escrita Fiscal Digital será 01 de janeiro de 2009. 

  

As  empresas  ficam  expostas  a  multas  e  penalidades,  uma  vez  que  as  informações (transmitidas ou não entregues) não estejam em conformidade com a legislação tributária.

  
 
Quanto aos clientes Imediata enquadrados no exposto acima...

   
Se  sua empresa  trabalha  em  parceria  com  a  Imediata  através  do  contrato de GLT mensal, todas as alterações necessária para atender ao novo sistema determinado pela Lei  nº  6.022/07,  serão disponibilizadas  nos  próximos meses  sem  nenhum  custo adicional,  pois  já  estão  em  fase  final de desenvolvimento, bastando para isso que o Sr(a). entre em contato para atualizar seus sistemas de ERP Comercial, Microautomação, Livros Fiscais e Contabilidade. 

Caso sua empresa seja obrigada a operar com o novo sistema do SPED, mas não possui  contrato  de GLT  com  a  Imediata,  entre  em  contato  com  nosso  departamento comercial para fazer a aquisição de uma nova versão do sistema.  
 
Atenção: O prazo  final para o setor de carnes e  frigoríficos passar a emitir Nota Fiscal Eletrônica é a partir de 1º de dezembro de 2008, quando se  juntará a outros setores já  abrangidos pela obrigatoriedade de utilização deste tipo de documento.   

Voltar